Trump diz que mundo terá "longo período de paz" graças à força dos EUA

Washington, 10 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira que o mundo terá um "longo período de paz" graças à filosofia do governo americano de "promover a paz através da força" e também mostrou otimismo sobre o conflito entre Coreia do Sul e Coreia do Norte devido ao recente diálogo entre os governos dos dois países.

Em entrevista coletiva concedida ao lado da primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, que fazia uma visita oficial à Casa Branca, uma jornalista perguntou a Trump se uma guerra está próxima, uma declaração feita pelo general americano Robert Neller em uma recente visita às tropas do país que estão em território norueguês.

"Pode ser que ele (o general) saiba de algo que eu não saiba", respondeu Trump, com ironia, surpreso com a pergunta.

"Não, não espero isso (uma guerra). Creio que teremos, devido à força, à paz através da força, um longo período de paz", continuou.

Trump citava um conceito militar muito utilizado pelo ex-presidente americano Ronald Reagan, que governou o país entre 1981 e 1989, que afirma que uma potência militar pode garantir a paz mundial por conseguir dissuadir os inimigos de realizarem ataques.

"Nós estamos ficando mais poderosos a cada mês, a cada dia. Colocaremos as nossas Forças Armadas em um nível no qual elas nunca estiveram", defendeu Trump.

"Temos, certamente, problemas com a Coreia do Norte, mas estão ocorrendo muitas conversas agora mesmo. Vejo boa energia. Recebi boas informações sobre esse encontro", disse Trump, que hoje conversou com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in.

O presidente republicano falava da reunião ocorrida ontem entre representantes das duas Coreias. Eles acertaram a participação da Coreia do Norte dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, no vizinho do sul, e promover diálogos sobre questões militares.

Trump também afirmou hoje que, sem a atitude firme adotada por ele em relação à Coreia do Norte, o recente contato entre Pyongyang e Seul jamais teria ocorrido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos