Topo

Milhares de pessoas são multadas por fumar na rua em Nova Délhi

11/01/2018 13h45

Nova Délhi, 11 ene (EFE).- Mais de 8.000 pessoas foram multadas em quatro dias por fumar nas ruas de Nova Délhi, um ato proibido por lei, em uma campanha lançada pelas autoridades para evitar este hábito, informou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte da Polícia local.

A lei de cigarros e outros produtos derivados do tabaco (COTPA) penaliza quem fuma "em qualquer lugar público" da Índia, se bem que a pena monetária, cerca de 200 rupias (pouco mais de US$ 3), para quem descumpre a lei é inclusive menor que o custo de um maço de cigarros.

"Fumar em lugares públicos não é legal, por isso punimos. Dentro de lugares privados você pode fumar sem problemas", explicou o subcomissário de Polícia do sudeste da capital indiana, Chinmoy Biswal.

Só no seu distrito, as autoridades castigaram um total de 6.016 pessoas durante os dias 30 de dezembro e 3, 7 e 10 de janeiro, datas nas quais patrulharam com esse objetivo.

Estas multas, junto com outras 2.743 impostas na zona sul da cidade, segundo informou a Polícia no Twitter, aumentam o número total de punidos na capital indiana para 8.759.

Ainda que a maior parte das sanções tenha sido por fumar na rua, Biswal explicou que também puniram com 200 rupias vários comerciantes para vender tabaco a menos de cem metros de colégios ou a menores, tal e como diz a COTPA, aprovada em 2003.

Calcula-se em mais de 1,7 milhão de rúpias (US$ 26.700) a quantidade apurada somente durante quatro dias nos quais "patrulhas regulares" foram posicionadas para controlar o "delito".

Fumar em lugares públicos, da mesma forma que a ingestão de álcool, é um ato malvisto pela sociedade indiana.