Trump e Macron conversam sobre China, Coreia do Norte e Irã

Washington, 11 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou nesta quinta-feira com o chefe de Estado da França, Emmanuel Macron, sobre a visita deste à China e também abordou a situação da Coreia do Norte e o acordo nuclear com o Irã, informou a Casa Branca em um comunicado.

Os dois presidentes "se comprometeram a continuar pressionando a Coreia do Norte até que esta retorne ao caminho da desnuclearização", diz a nota.

Além disso, segundo a Casa Branca, "Trump enfatizou que o Irã deve interromper suas ações desestabilizadoras" no Oriente Médio, referindo-se assim ao possível apoio do governo americano atual ao plano nuclear estipulado com a república islâmica pela administração anterior de Barack Obama e outros cinco países, entre eles a França.

Trump deve decidir antes de sábado se mantém ativo um mecanismo que suspende temporariamente as sanções ao Irã por seu programa nuclear, que, segundo o pacto de 2015, não serão suspensas permanentemente até dentro de alguns anos.

Vários veículos de imprensa dos EUA garantem que Trump prevê manter suspensas essas sanções, mas que também anunciará novas medidas punitivas ao Irã por seus testes de mísseis balísticos e violações de direitos humanos.

"Os dois líderes concordaram em se reunir no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, se os horários permitirem", concluiu a Casa Branca no texto.

Em outubro, Trump ameaçou retirar os EUA do acordo nuclear com o Irã se seus "defeitos" não forem corrigidos, seja através de negociações com os outros seis países signatários ou de forma unilateral, através de um projeto de lei no Congresso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos