Andorra fará solicitação para ser Estado observador da CPLP

Lisboa, 12 jan (EFE).- O primeiro-ministro de andorrano, Antoni Martí, anunciou nesta sexta-feira que fará uma solicitação para que Andorra seja Estado observador da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), em uma "aposta" no "multilateralismo".

Martí fez este anúncio em uma declaração a jornalistas em Lisboa ao lado do premiê de Portugal, António Costa, com quem teve uma reunião em sua residência oficial, na qual informou a futura solicitação, estipulada pelo Governo de Andorra no Conselho de ministros de última quarta-feira.

"Andorra é muito singular, também pela sua situação geográfica e a história milenar que temos e faz parte de dois espaços multilaterais muito importantes, a francofonia e o espaço ibero-americano", apontou Martí, que acrescentou que, por isso, quer se aproximar também da lusofonia.

O chefe do governo andorrano reiterou as boas relações com Portugal, que conta com uma comunidade em Andorra de cerca de 14 mil portugueses - algo em torno de 13% da população - e por isso "é importantíssimo que a economia portuguesa esteja presente no Principado".

Um território "pequeno como Andorra é feito com um pouco de nacionalidades diferentes", disse Martí, que lembrou como mostra da cooperação luso-andorrana que acaba de entrar em vigor um acordo para evitar a dupla tributação entre ambos países.

Em matéria fiscal, o presidente do Governo andorrano destacou os "esforços" do seu país "para ser respeitado a nível internacional" e manifestou sua vontade de "continuar trabalhando para também conseguir que Andorra saia da lista portuguesa" de paraísos fiscais, tema tratado na reunião de hoje.

Esses esforços "para cumprir as regras fiscais internacionais" também foram avaliados pelo primeiro-ministro português durante sua declaração junto a Martí, na qual considerou que "merecem reconhecimento internacional, pela OCDE e a União Europeia".

Costa também afirmou que Portugal vê "com muita satisfação" a aproximação entre Andorra e a UE e manifestou sua vontade de "estreitar as relações bilaterais com Andorra" e de reforçar a "proximidade" com a comunidade portuguesa que vive no país.

Por isso, chegaram a um acordo para melhorar o acesso por via digital aos serviços públicos de Portugal, anunciou Costa, que apelou para que as relações econômicas entre ambos os países sejam reforçadas, especialmente no setor do turismo com ofertas "complementares".

Antoni Martí, que já recebeu no Principado em setembro do ano passado o presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou Costa a realizar também uma visita a Andorra e agradeceu o apoio que Portugal mostrou "sempre" para conseguir que Andorra seja sede da Cúpula Ibero-Americana em 2020.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos