Governo e oposição da Venezuela retomam diálogo em Santo Domingo

Santo Domingo, 11 jan (EFE).- O governo e a oposição da Venezuela retomaram nesta quinta-feira, em Santo Domingo, as conversas com o objetivo de buscar soluções para a crise que vive o país.

As conversas, que estenderão até sexta e cujo início foi adiado em várias ocasiões, acontecem a porta fechada na sede do Ministério das Relações Exteriores, cujo titular, Miguel Vargas, afirmou na véspera que as duas partes "demostraram um grande compromisso com este diálogo. Esperamos que alcançaremos um acordo definitivo".

A delegação do governo da Venezuela é chefiada pelo ministro da Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, enquanto que o deputado Julio Borges lidera a delegação opositora do seu país.

Rodríguez condenou declarações recentes emitidas na Venezuela por organizações políticas da oposição que voltariam às ruas se o diálogo não render os resultados esperados.

A delegação da oposição da Venezuela, liderada por Borges, não deu entrevistas durante sua chegada ao ministério dominicano.

O diálogo conta com o patrocínio do presidente dominicano, Danilo Medina; e do ex-presidente do Governo da Espanha José Luis Rodríguez Zapatero, e com o acompanhamento de Chile e México, a pedido da oposição, e da Bolívia, Nicarágua e São Vicente e Granadinas, convidados pelo governo de Nicolás Maduro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos