Nunciatura do Chile é ocupada em protesto contra despesas com visita papal

Santiago (Chile), 12 jan (EFE).- Representantes do movimento de pessoas em risco de desalojamento ocuparam a sede da Nunciatura Apostólica do Chile nesta sexta-feira em protesto pelos gatos feitos com a organização da visita do papa Francisco ao país, que começa a próxima segunda-feira.

Membros da Associação Nacional de Devedores Habitacionais (Andha), liderados pela ex-candidata à presidência Roxana Miranda, entraram no prédio que hospedará o pontífice durante a estadia em Santiago.

"Temos a sede papal tomada. Não concordamos com os milhões que estão sendo gastos para trazer o papa. Isso não se trata de fé, nem de religião, se trata da quantidade de recursos que estão sendo usados", disse ela durante a invasão, conforme um vídeo colocado no Twitter.

O orçamento para a visita do pontífice ao Chile, segundo o site da organização oficial, é de, aproximadamente, US$ 6 milhões (quase R$ 20 milhões) pelos três dias de peregrinação pelas cidades de Santiago, Temuco e Iquique.

A Andha é um partido político anticapitalista constituído em 2015 e legalizado em 2016 que surgiu no seio do movimento dos devedores de moradias. Roxana Miranda chegou a tentar à presidência nas eleições de 2013, quando Michelle Bachelet venceu.

A ação de hoje, anunciada pela Andha como o início de uma série de mobilizações, durou poucos minutos. O grupo foi retirado pela Polícia.

"Estão botando a gente na rua, desalojando crianças. A quantidade de dinheiro que estão gastando é enorme. Não concordamos. É muita desigualdade no Chile", afirmou ela.

"Por que não levaram o papa a outro país? Não! Veio para aqui, para este país que tem o sistema capitalista mais brutal", prosseguiu.

A ocupação da sede da Nunciatura Apostólica se dá em meio a movimentos de rejeição à visita do papa, algumas de caráter violento, como o lançamento de bombas e objetos incendiários em pelo menos quatro igrejas durante a madrugada e a manhã de hoje na capital chilena.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos