Topo

Bombardeios matam 7 pessoas na província síria de Idlib

2018-01-13T07:55:00

13/01/2018 07h55

Cairo, 13 jan (EFE).- Pelo menos sete pessoas, entre elas mulheres e crianças, morreram em decorrência dos bombardeios efetuados ontem à noite por aviões de guerra não identificados no sul da província de Idlib, no noroeste da Síria, informou neste sábado o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os ataques aéreos tiveram como alvo a cidade de Khan al Sabl, no sul de Idlib, que já foi bombardeado por aviões no último dia 2 de janeiro, que causaram a morte de outras sete pessoas, entre elas cinco crianças, afirmou a fonte.

Além dos sete civis mortos ontem à noite, entre eles três mulheres e três crianças, outras dez pessoas ficaram gravemente feridas, razão pela qual a ONG teme que a cifra de falecidos possa aumentar.

A província de Idlib está controlada quase totalmente pelo Organismo de Libertação do Levante (aliança criada em torno do antigo braço da Al Qaeda) e outros grupos armados que lutam contra as forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad.

Há semanas, as tropas governamentais desenvolvem uma ofensiva no leste de Idlib em uma tentativa de adentrar e avançar pela região. EFE

agm-ijm/rsd