Harrods de Londres retirará estátua dedicada à princesa Diana

Londres, 13 jan (EFE).- Uma das lojas de departamento mais famosas do mundo, a Harrods de Londres vai retirar uma estátua de bronze em homenagem à princesa Diana e seu amigo Dodi Ael Fayed instalada no local em 2005, com o título "Vítimas Inocentes".

A estátua foi feita a pedido do pai de Dodi, Mohamed Ael Fayed, quando ele era proprietário da loja, que foi vendida em 2010 à família real do Catar por cerca de 1,5 bilhão de libras.

O diretor-executivo da Harrods, Michael Ward, afirmou à "BBC", que o palácio de Kensington, residência oficial dos príncipes William e Harry, planeja fazer uma nova estátua dedicada à princesa, morta em um acidente de carro junto com Dodi em 1997, em Paris.

"Acreditamos que esse é o momento oportuno para devolver esse memorial ao senhor Ael Fayed e convidar às pessoas que prestem suas homenagens à princesa no palácio", indicou Ward.

Mohamed Ael Fayed afirma que as mortes de Diana e seu filho não foram acidentais, chegando a acusar a família real britânica de ter orquestrado o incidente, apesar de as investigações das polícias do Reino Unido e da França terem indicado que o motivo da batida foi o excesso de velocidade e a embriaguez do motorista.

Um porta-voz da família Ael Fayed agradeceu em comunicado enviado ao jornal "The Times" aos atuais donos da Harrods por terem mantido a estátua até o momento.

"Isso permitiu que milhões de pessoas prestassem seus respeitos a essas duas magnifícas pessoas. Agora é o momento de levá-las para casa", indicou a nota da família Ael Fayed.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos