Trump chega à Flórida em meio a mais uma polêmica

Miami, 12 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aterrissou esta noite no Aeroporto Internacional de Palm Beach, no sul da Flórida, de onde se dirigiu para sua residência de verão Mar-a-Lago, em meio a uma forte polêmica por causa de comentários que denigrem países latino-americanos e africanos.

O presidente descansará neste clube social de fim-de-semana, longo devido ao feriado de segunda-feira dedicado a Martin Luther King, junto com sua esposa, Melania, e o filho de ambos, Barron, e se prevê que passe as manhãs no Trump International Golf Club.

Como em vezes anteriores, durante o seu percurso entre o aeroporto local e Mar-a-Lago, uma imensa propriedade de frente ao para o Oceano Atlântico, a comitiva foi aclamada por grupos de simpatizantes que portavam cartazes com a reconhecível mensagem de campanha "Tornar os EUA grande outra vez".

Até o momento, não foi divulgado nenhum ato público ou atividade especial para os próximos dias na Flórida.

Trump chega a este estado após outra polêmica, neste caso por chamar de "buracos de merda" El Salvador, Haiti e vários países africanos, e sugerir que preferiria receber nos EUA mais imigrantes da Noruega, segundo publicou na quinta-feira o jornal "The Washington Post".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos