Zeman desponta como vencedor na República Tcheca, mas não evita segundo turno

Praga, 13 ene (EFE).- O atual chefe de Estado da República Tcheca, o eurocético Milos Zeman, aparece como vencedor das eleições presidenciais que terminaram neste sábado, mas sem alcançar a maioria absoluta que evitaria um segundo turno, com os votos já apurados em 45% dos colégios eleitorais.

Com esse nível de contagem, o Escritório Estatístico Tcheco situa Zeman com 42% dos apoios, seguido pelo independente Jiri Drahos, ex-presidente da Academia de Ciências, com 25%, e o escritor e empresário Michal Horacek, que aparece com 8%.

Se for confirmado este resultado, Zeman e Drahos se enfrentarão em um segundo turno nos dias 26 e 27 de janeiro, que algumas sondagens preveem que poderia terminar com uma apertada vitória do concorrente do atual presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos