Chile descarta risco de tsunami após terremoto no Peru

Santiago do Chile, 14 jan (EFE).- As autoridades chilenas descartaram a possibilidade de um tsunami nas costas do país após o terremoto que deixou pelo menos dois mortos e 65 feridos neste domingo no sul do Peru.

"As características do sismo não reúnem as condições necessárias para gerar um tsunami nas costas do Chile", declarou em um comunicado o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile.

O terremoto teve uma magnitude de 7 graus na escala Richter e seu epicentro se localizou no mar, ao sudoeste de Pisco, a uma profundidade de 32 quilômetros, segundo o Centro Sismológico da Universidad de Chile.

Por sua parte, o Escritório Nacional de Emergência (Onemi) indicou que o tremor foi sentido em diversas cidades das regiões chilenas de Arica y Parinacota e Tarapacá.

"Não foram relatados feridos, alteração em serviços básicos ou danos de infraestrutura causados por sismo", assegurou o Onemi.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos