Fachada de igreja é incendiada no Chile em protesto contra a visita do papa

Santiago (Chile), 14 jan (EFE).- Um grupo ainda não identificado procurado pela polícia do Chile incendiou neste domingo a fachada de uma igreja católica na cidade de Melipilla, no sudoeste de Santiago, para protestar contra a visita do papa Francisco ao país amanhã.

O atentado contra a Igreja de Santo Agostinho de Melipilla, que fica a 70 quilômetros da capital do país, ocorreu por volta de 1h no horário local (2h em Brasília).

Um pedestre viu o fogo na entrada do tempo e ligou para o Corpo de Bombeiros, que conseguiu evitar que as chamas se espalhassem. Os bombeiros confirmaram que o incêndio foi intencional.

"Um grupo de indivíduos provocou danos no acesso principal da igreja e fez pichações na calçada contra a visita do papa", disse a tenente dos Carabineiros do Chile, Pamela Sandoval.

O texto escrito na calçada dizia: "A única igreja que ilumina é a que arde, é a que está em chamas. Não ao papa".

"Uma equipe especializada está no local do incidente para verificar se há sinais, rastros ou algum tipo de pista que permita encontrar esses indivíduos", explicou a agente.

O pároco da Igreja de Santo Agostinho, Víctor Fernández, lamentou o ataque e disse que o tempo é um dos antigos bastiões da cidade.

"Estávamos em um projeto de restauração que agora vai demorar um pouco mais", disse o pároco sobre igreja, declarada patrimônio nacional, mas sem ser usada desde 2010, após um terremoto na região.

O tremor, de magnitude 8,8 graus, devastou várias regiões do centro e do sul do Chile, deixando 520 mortos.

O atentado é o sexto registrado antes da visita de Francisco, que chega ao país amanhã. O pontífice tem eventos programados em Santiago, Temuco e Iquique, deixando o país na quarta-feira.

O governo reforçou a segurança para a papa, e o ministro do Interior, Mario Fernández, garantiu que Francisco não corre riscos. Segundo ele, os autores dos ataques pertencem a um pequeno grupo, com pequena capacidade operativa e sem uma ideologia clara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos