Macri diz que cúpula do G20 transformará a Argentina na voz da América do Sul

Buenos Aires, 15 jan (EFE).- O presidente Mauricio Macri afirmou nesta segunda-feira que a cúpula do G20 que a Argentina acolherá em novembro deste ano permitirá ao país se tornar a voz "da América do Sul" para impulsionar o desenvolvimento de mais igualdade de oportunidades na região.

"O G20 é um lugar onde se reúnem 20 dos países mais importantes do mundo para tentar encontrar soluções aos problemas globais. E aí estamos: querendo fazer nossa contribuição", apontou o governante.

Durante uma visita às obras na Vila Olímpica de Buenos Aires, que acolherá os atletas que participarão dos Jogos da Juventude que serão realizados em outubro, Macri aproveitou para destacar que a Argentina é a primeira nação sul-americana a presidir o bloco e a acolher a reunião de Chefes de Estado e de Governo dos países-membros.

"Eles irão vir e nos vão permitir ser a voz da América do Sul e explicar, desde a nossa região, quais são as coisas que acreditamos necessitar para criar mais oportunidades, para que haja mais igualdade" na região, destacou.

A seu julgamento, este marco ocorre porque os argentinos decidiram "voltar-se ao mundo" e, portanto, buscam se desenvolver, crescer e reduzir a pobreza.

Segundo Macri, para alcançar o objetivo, devem "trabalhar lado a lado, atirando na mesma direção" e colocar o Estado a serviço dos cidadãos para acabar com a corrupção que, em sua opinião, "tanto mal" fez ao país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos