Polícia da Califórnia prende pais por sequestrar e torturar seus 13 filhos

Washington, 15 jan (EFE).- Um pai e uma mãe foram detidos nesta segunda-feira na Califórnia e indiciados pelo crime de tortura após a polícia descobrir que mantinham seus 13 filhos sequestrados em condições insalubres, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

Os filhos, de idades entre dois e 29 anos, foram encontrados amarrados às camas e com sinais de desnutrição na casa da família, segundo indicaram em um comunicado as autoridades do condado de Riverside, no sul da Califórnia.

Os pais, David Allen Turpin (57 anos) e Louise Anna Turpin (49), foram indiciados por tortura e por colocar em risco a vida de seus filhos, e foram levados ao centro de detenção local Robert Presley, com uma fiança de US$ 9 bilhões para cada um.

A polícia descobriu o que estava ocorrendo graças ao fato de que uma das vítimas, uma jovem de 17 anos, conseguiu fugir da residência familiar na cidade de Perris e ligou para os agentes de um telefone que encontrou na casa.

Segundo o relato policial, a menina narrou uma situação assombrosa: seus 12 irmãos e irmãs estavam sequestrados pelos seus pais na casa da família, alguns inclusive com correntes e cadeados.

Os agentes se surpreenderam ao ver que muitas das vítimas aparentavam ser bem mais novas do que realmente são, provavelmente devido às péssimas condições nas quais foram retidos pelos seus pais.

O relato dos polícias descreve a casa onde ocorreu o sequestro como um lugar sujo, fedorento e escuro.

Tanto os seis menores como os sete adultos vítimas deste sequestro estão recebendo tratamento em hospitais da região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos