Ataque a mercado no norte do Afeganistão deixa pelo menos cinco mortos

Cabul, 16 jan (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e 45 ficaram feridas após a explosão nesta terça-feira de um morteiro em um mercado em um momento de grande movimento na província de Faryab, no norte do Afeganistão, informaram fontes oficiais.

O ataque foi lançado desde uma zona próxima controlada pelos talibãs poucos após as 11h local (4h30, em Brasília), contra um mercado local no distrito de Khawaja-Sabzposh, onde centenas de camponeses faziam suas compras, confirmou à Agência Efe o porta-voz do governo provincial Javid Baidar.

"Cinco civis foram assassinados e outros 45 ficaram feridos, incluídas mulheres e crianças, que estavam ali para comprar", acrescentou.

Um membro da polícia que pediu anonimato assegurou à Agência Efe que o estado de saúde de alguns feridos é "crítico", por isso que o número de mortos poderia aumentar nas próximas horas.

Todos os feridos foram levados a hospitais para receber tratamento médico, acrescentou.

O porta-voz do governo provincial atribuíu a autoria do ataque aos insurgentes talibãs, ativos no distrito, ainda que nenhum grupo tenha reivindicado o ataque.

Em julho do ano passado, os talibãs tomaram o controle durante vários dias do distrito de Kohistan, situado também na província nortista de Faryab, antes que as forças de segurança afegãs recuperassem o controle após combates que causaram a morte de quase 150 insurgente em todo o país.

A instabilidade no Afeganistão aumentou desde o fim da missão militar da Otan em dezembro de 2014 e os talibãs foram avançando no controle do país bem como na frequência e tamanho dos atentados nas grandes cidades.

Ainda que nos primeiros nove meses do ano passado o número de vítimas civis pelo conflito tenha caído 6%, a primeira vez que acontece um retrocesso desde 2012, as cifras foram de 2.640 mortos e 5.379 feridos, ainda "níveis altos", segundo a ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos