Papa discursa e saúda presidente eleito do Chile, Sebastián Piñera

Santiago (Chile), 16 jan (EFE).- O papa Francisco cumprimentou nesta terça-feira, no primeiro discurso da sua visita ao Chile, o presidente escolhido nas últimas eleições, Sebastián Piñera, que tomará posse em março.

Francisco, que chegou ontem ao país e que na quinta irá ao Peru, discursou para autoridades no Palácio de la Moneda, após ser recebido pela presidente em fim de mandato, Michelle Bachelet. Ele começou agradecendo a recepção da governante e cumprimentando "o povo chileno do extremo norte da região de Arica e Parinacota até o arquipélago sul".

Ao falar sore a presença das autoridades, ele saudou o presidente eleito, que "recebeu recentemente o aval dos chilenos para governar o destino do país nos próximos quatro anos".

Antes do discurso, Francisco e o novo presidente apertaram as mãos e Piñera recebeu um pequeno presente do pontífice. Após a cerimônia no Palácio de la Moneda, que em 1987 recebeu João Paulo II, quando o Chile estava nas mãos do ditador Augusto Pinochet, o pontífice se reunirá com Bachelet no Salão Azul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos