Bardot diz que atrizes "atiçam" produtores para conseguir papéis

Paris, 17 jan (EFE).- Uma das maiores estrelas do cinema francês, Brigitte Bardot afirmou nesta quarta-feira que a maior parte das denúncias de assédio sexual no setor reveladas nos últimos meses são "hipócritas" e disse que muitas atrizes "atiçam" os produtores para conseguir papéis em filmes.

Em entrevista à revista "Paris Match", Bardot, que fez muito sucesso na década de 1960, indicou que a polêmica provocada pelos abusos sexuais contra atrizes "ocupa o lugar de temas importantes sobre os quais deveríamos debater".

"Eu nunca fui vítima de assédio sexual. E me parecia encantador que me dissessem que eu era bonita ou uma boa bunda. Esse tipo de elogio é agradável", indicou.

Bardot, que se aposentou há anos do cinema e se dedica à defesa dos animais, acusou as atrizes de "atiçarem" os produtores para conseguir papéis. "Depois, para que falem delas, contam que foram vítimas de abusos", afirmou.

"Na verdade, mais do que beneficiá-las, isso as prejudica", indicou Bardot na entrevista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos