Polícia belga resgata estudante sequestrada e violentada durante 3 dias

Bruxelas, 17 jan (EFE).- A polícia local de Charleroi, no sul da Bélgica, libertou na madrugada de segunda para terça-feira uma estudante bruxelense de 19 anos que tinha sido sequestrada na sexta-feira passada e que durante três dias foi supostamente violentada em um estúdio, informaram nesta quarta-feira fontes policiais.

Durante a operação para libertar a jovem, a polícia deteve os dois suspeitos dos crimes, que desde ontem à noite estão à disposição da Justiça belga.

Segundo a jovem, cinco homens a sequestraram na noite da sexta-feira na saída de uma discoteca em Bruxelas e a levaram a Charleroi, onde supostamente lhe obrigaram a tomar algum tipo de droga para abusar dela, segundo detalhou a agência "Belga".

Os sequestradores também roubaram seu celular, mas na segunda-feira ela conseguiu recuperá-lo, saber sua localização através do Google Maps e avisar seu irmão, que procurou a polícia.

Os dois suspeitos, fichados por terem cometido roubos com violência no passado, estão acusados de sequestro e estupro e permanecem detidos, enquanto a polícia iniciou uma investigação para encontrar os outros três participantes.

Os detidos negam os fatos e asseguram que a menina os tinha acompanhado por vontade própria e que estava "apaixonada" por um deles.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos