Porta-voz assegura que Putin está "absolutamente saudável"

Moscou, 17 jan (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, está "absolutamente saudável", afirmou nesta quarta-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, que explicou que a legislação russa não prevê a divulgação de relatórios sobre a saúde do chefe de Estado.

"Posso assegurar-lhes que o presidente está absolutamente saudável; está melhor que muitos", disse Peskov a um grupo de jornalistas ao ser consultado sobre se planejava apresentar um relatório sobre a saúde do chefe do Kremlin, como se faz periodicamente nos Estados Unidos.

Peskov respondeu então que não tinha conhecimento de que houvesse uma iniciativa nesse sentido.

"Nossa legislação não estipula a obrigação de divulgar dados sobre o estado de saúde do presidente", salientou.

Ontem, Ronny Jackson, médico do presidente americano, Donald Trump, informou em coletiva de imprensa que o chefe da Casa Branca goza de uma saúde "excelente" e não tem nenhum problema cognitivo.

"Está em forma para exercer seu dever (de presidente), durante o resto do seu mandato e inclusive durante o resto de outro mandato se for eleito" de novo em 2020, assegurou Jackson, médico militar que também supervisionou a saúde de Barack Obama desde 2013.

Putin, de 65 anos, tentará a reeleição para um mandato de seis anos nas eleições do próximo dia 18 de março.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos