Escolha de novas capitais provinciais causam protestos violentos no Nepal

Katmandu, 18 jan (EFE).- O Nepal viveu nesta quinta-feira protestos violentos em pelo menos quatro das sete províncias do país depois que ontem o Governo escolheu novas capitais provinciais, uma eleição prevista na Constituição, mas ainda temporária.

Os protestos entre manifestantes e as forças de segurança deixaram vários feridos, assim como queima de mobiliário urbano e fechamentos de estradas, o que levou as autoridades a estabelecer o toque de recolher na província 1 (falta a designação oficial), no extremo oriente do país.

Segundo explicaram à Efe fontes oficiais locais, nesta província aconteceram choques com a Polícia com pelo menos três feridos e atos de vandalismo na localidade de Dhankuta, depois que o Governo designou Biratnagar como capital provincial.

"Foi restringido às pessoas sair das suas casas para evitar mais perdas", disse à Efe o chefe da administração do distrito de Dhankuta, Prem Prakash Uprety.

Os protestos foram liderados por figuras políticas locais sem distinção de sinal político das cidades não escolhido como capitais.

Em Dang, na província central 5, os manifestantes fecharam estradas, queimaram um grande boneco com a imagem do premiê, Sher Bahadur Deuba, e fecharam colégios e mercados em rejeição à decisão do Executivo de nomear como capital a localidade de Butwal.

"O nosso protesto continuará a não ser que a decisão seja revogada", assegurou à Efe Sabin Priyasan, um membro do comitê que coordenou a manifestação em Dang, cidade que segundo eles está melhor situada e é mais acessível que a eleita Butwal.

O porta-voz do escritório do premier, Dilli Ram Sharma, disse à Efe que a decisão de ontem do Governo ainda não é definitiva, pelo que não têm sentido os protestos.

O Nepal terminou no mês passado históricas eleições gerais com as quais porá fim a 18 anos de interinidade no Legislativo para abrir passagem para um novo Parlamento bicameral aprovado na Constituição de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos