EUA suspendem repasse de US$ 45 milhões em auxílio alimentar para palestinos

Washington, 18 jan (EFE).- Os Estados Unidos suspenderam nesta quinta-feira um repasse de US$ 45 milhões em auxílio alimentar que tinha prometido à ONU para os refugiados palestinos.

As informações foram confirmadas pela porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, em entrevista coletiva. Ela afirmou que o dinheiro era uma "promessa", não algo confirmado, e que o fato de não ser entregue agora não significa que o repasse não será feito no futuro.

Os EUA tinham prometido à Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA) que contribuíram com US$ 45 milhões para uma campanha de alimentação na Cisjordânia e em Gaza.

"Era uma promessa e deixamos muito claro que precisávamos confirmá-la mais adiante. Após revisá-la, entendemos que não poderemos fornecê-la neste momento, mas isso não significa que esse dinheiro não será repassado mais adiante", indicou Nauert.

A porta-voz não explicou o motivo para a suspensão.

Na terça-feira, os EUA anunciaram o congelamento de US$ 65 milhões do orçamento regular da UNRWA e deixou claro na ocasião que o dinheiro será enviado se a agência fizer as reforças desejadas pelo governo americano.

"Os EUA acham que não é preciso ser o principal doador em todos os programas do mundo de ajuda", afirmou Nauert.

"Somos a nação mais generosa (...). Quando algo ocorre, o governo dos Estados Unidos é frequentemente o primeiro a fazer o máximo. Isso não mudou. Mas também pedimos aos outros países para fazerem mais. Pedimos na Otan. Pedimos a muitos outros países do mundo. E não creio que vamos pedir perdão por isso", completou.

Em 2016, os EUA foram os principais financiadores da UNRWA, com US$ 125 milhões de um orçamento total de US$ 368 milhões, US$ 39 milhões a mais do que as doações em conjunto da União Europeia.

Com o argumento que a divisão é injusta, a Casa Branca congelou mais da metade de sua contribuição e pediu aos demais países ricos para contribuindo mais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos