Força fronteiriça na Síria fará com que derrota do EI perdure, diz coalização

Beirute, 18 jan (EFE).- A força fronteiriça que a coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, está criando com as milícias curdo-sírias fará com que a derrota contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) perdure no território da Síria, disse nesta quinta-feira à Agência Efe o coronel Thomas Veale, diretor de Assuntos Públicos da aliança.

"Este não é um novo Exército ou uma guarda de fronteira convencionais", explicou o coronel Veale.

A nova força centrará seus esforços dentro da Síria para evitar que os combatentes do EI fujam do país, acrescentou o oficial.

"Estas forças aumentarão a segurança local nas áreas liberadas e protegerão as populações locais", continuou Veale.

No começo desta semana, o diretor do escritório de informação das FSD, coronel Mustafa Bali, revelou à Efe que os EUA e seu agrupamento estavam formando uma força fronteiriça com 30 mil combatentes, que preveem posicionar na fronteira com Turquia e Iraque e nas linhas de contato com o Exército sírio.

O coronel acrescentou que a nova força fronteiriça "impedirá" o EI "lançar novos ataques contra os aliados e parceiros da coalizão", enquanto se espera "uma solução política a longo prazo para a guerra através do processo de Genebra".

Apesar disso, Veale destacou que a coalizão está consciente das "legítimas preocupações de segurança" por parte da Turquia, que, lembrou, é membro desta aliança e um aliado da Otan.

"Em consequência, continuaremos sendo transparentes sobre os nossos esforços na Síria para derrotar o Daesh (sigla árabe do EI)", disse Bali.

Em setembro de 2014, a coalizão internacional iniciou suas operações na Síria contra o EI.

Veale destacou que a campanha militar contra o EI na Síria não terminou e que ainda há fortes confrontos na parte intermediária do vale do Eufrates.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos