Haitianos protestam em frente à embaixada americana por comentários de Trump

De Porto Príncipe (Haiti)

  • Pierre Michel Jean

Centenas de pessoas protestaram nesta quinta-feira (18) em frente à embaixada americana em Porto Príncipe em rejeição aos comentários sobre vários países, entre eles o Haiti, supostamente ditos na semana passada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Para os manifestantes, Trump "é um racista" e o governo haitiano deve expulsar o embaixador dos EUA se o governante continuar com o que eles chamam de "agressões".

Segundo vários veículos da imprensa norte-americana, durante uma reunião realizada na semana passada, Trump chamou de "países de merda" lugares como El Salvador, Haiti e várias nações africanas; e embora o presidente tenha negado que usou essa expressão, o senador democrata Dick Durbin, que estava presente na sala, afirma que sim.

"Os EUA sempre foram racistas quando se trata do Haiti, a política dos EUA é discriminatória e não é nenhuma novidade", afirmou em declarações à Agência Efe o ativista político David Oxygen. No entanto, diz ele, "o mais grave é que hoje é o próprio presidente dos EUA quem fala abertamente de maneira racista e discriminatória".

Além disso, Oxygen fez um chamado ao governo haitiano para que emita um protesto formal contra essas declarações, embora ontem o primeiro-ministro do país, Jack Guy Lafontant, tenha qualificado de "infelizes" as palavras de Trump.

"Segundo Trump, ele não disse essas palavras, mas é muito lamentável que essas palavras sejam utilizadas para qualificar o país. Somos parceiros e vizinhos dos EUA e temos interesses comuns em várias áreas. Espero que superemos este momento", disse o ministro em entrevista coletiva.

O Senado do Haiti também condenou, mediante nota de imprensa, as palavras de Donald Trump, e pediu respeito pelo país.

Grupos opositores consideraram que a resposta do governo haitiano às supostas declarações do presidente chegou tarde e é "insuficiente", e anunciaram um protesto para o próximo dia 22 de janeiro que terminará em frente à embaixada dos EUA no Haiti.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos