Incêndio em ônibus deixa mais de 50 mortos no Cazaquistão

Astana, 18 jan (EFE).- Pelo menos 52 pessoas morreram nesta quinta-feira após o incêndio de um ônibus com passageiros que circulava por uma rodovia no oeste do Cazaquistão, de acordo com informações divulgadas pelas autoridades do país.

Apenas cinco ocupantes do veículo conseguiram sobreviver à tragédia, segundo o porta-voz do Comitê de Situações de Emergências do Cazaquistão, Ruslan Imakoulov.

"Segundo dados preliminares, todos os falecidos eram cidadãos do Uzbequistão", acrescentou Imakoulov.

Uma fonte dos serviços de emergências revelou à agência de notícias russa "RIA Novosti" que o ônibus tinha deixado o Uzbequistão e seguia para a Rússia.

A tragédia aconteceu por volta das 10h30 (horário local, 3h30 de Brasília) no quilômetro 1.068 da rodovia que parte do sul do Cazaquistão com a Rússia.

O ônibus do fabricante húngaro "Ikarus" pegou fogo estando em movimento, por causas ainda desconhecidas.

Os cinco sobreviventes estão sendo atendidos pela unidade móvel do Centro de Medicina de Emergências.

As autoridades cazaques enviaram um centro operativo para o local da tragédia, onde trabalham os serviços de resgate, polícia, médicos e uma unidade de psicólogos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos