Putin visita túmulo do irmão no aniversário do Cerco a Leningrado

Moscou, 18 jan (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, levou nesta quinta-feira uma coroa de flores ao túmulo no qual está enterrado seu irmão por ocasião do 75º aniversário da ruptura do bloqueio alemão de Leningrado.

Putin foi ao cemitério Piskarevskoye, nos arredores de São Petersburgo, para deixar flores na vala comum na qual foi sepultado seu irmão Victor, que morreu durante o bloqueio (1941-44).

Em uma ocasião, Putin revelou que seu irmão tinha sido separado dos seus pais e levado a um orfanato pelas autoridades soviéticas para salvar-lhe da fome que afetou com especial virulência os moradores de Leningrado.

O chefe do Kremlin, que nasceu no pós-guerra (1952), admitiu que não soube até 2014 onde estavam os restos mortais do seu irmão Victor.

Putin também fez uma oferenda aos pés do monumento "Mãe Pátria" situado no mesmo cemitério, onde conversou com o filho do coronel do destacamento em que o pai do presidente combateu durante a II Guerra Mundial.

Esse oficial, Nikolai Scherbakov, e o pai de Putin combateram no Pyatachok do Neva (às margens do rio homônimo), ponto onde o exército soviético tentou romper o bloqueio nazista.

Então, o pai de Putin, Vladimir, ficou ferido devido a um tiro de metralhadora na sua perna, mas foi salvo por um morador da cidade de Peterhof que o levou ao hospital.

No cemitério de Piskarevskoye foram enterrados quase meio milhão de mortos no cerco de Leningrado (420.000 civis e 70.000 militares).

O exército nazista, que invadiu a União Soviética em 22 de junho de 1941, fechou o cerco em torno de Leningrado em 8 de setembro do mesmo ano e o manteve durante 871 dias e noites.

As tropas soviéticas conseguiram rompê-lo em 13 de janeiro de 1943, mas não puderam libertar completamente a cidade até 27 de janeiro de 1944.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos