Trump está "ansioso" para testemunhar ao promotor Mueller, diz seu advogado

Washington, 18 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está "muito ansioso" para testemunhar ao promotor especial que investiga a chamada trama russa, Robert Mueller, segundo o advogado Ty Cobb.

"Trump quer pôr o assunto para descansar e que já houve conversas com a equipe de Muller sobre uma possível reunião", disse Cobb em declarações ao correspondente da rede de televisão "CBS" Major Garrett para o podcast "The Takeout".

Na semana passada, o próprio Trump considerou "improvável" que o fiscal especial que investiga a trama russa lhe interrogue porque, segundo argumentou, "não houve conspiração" entre sua equipe de campanha com o Kremlin para prejudicar sua rival democrata, Hillary Clinton, nas eleições de 2016.

"Veremos o que acontece, mas quando não há conspiração e ninguém a encontrou em nenhum nível, parece improvável que haja uma reunião", disse o presidente no dia 10 de janeiro.

"Não houve absolutamente nenhuma conspiração. Todo mundo sabe. Estive 11 meses na Casa Branca e (os democratas) criaram esta falsa nuvem sobre este Governo (...)", acrescentou na época Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos