Aumento no nível de rio força deslocamento de mais de 10 mil em Assunção

Assunção, 19 jan (EFE).- Mais de 10 mil pessoas foram deslocadas de suas casas em Bañados, bairros populares nas zonas ribeirinhas de Assunção, pela enchente do rio Paraguai, que há dois dias está em nível "crítico de inundação" acima de 5,5 metros.

As autoridades municipais encarregadas da gestão de desastres indicaram nesta sexta-feira que o rio subiu outros 3 centímetros e agora está situado em 5,59 metros.

Nesta sexta-feira já eram 2.580 as famílias afetadas no bairro pelo aumento do nível da água, que começou no sábado.

A maioria das famílias foi enviada pelas autoridades para algum dos 53 albergues ou prédios públicos ou militares habilitados para o deslocamento dos afetados.

Na zona mais afetada mais de 1,2 mil famílias tiveram que deixar suas casas depois que a água alagou as ruas e as casas precárias do local, segundo as autoridades.

Na zona de Bañado Norte, 957 famílias também foram afetadas e deslocadas pelo aumento do nível do rio.

No bairro Ricardo Brugada, conhecido como "La Chacarita", no centro de Assunção, junto à baía da cidade, foram cerca de 400 as famílias forçadas pela água a se deslocar para zonas mais elevadas.

Em dezembro de 2015, as inundações em Assunção, associadas ao fenômeno climático El Niño, obrigaram cerca de 100 mil pessoas a deixar seus lares e se mudar para precárias casinhas de madeira construídas em refúgios situados em espaços públicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos