EUA priorizarão "ameaça" de outras potências sobre a do terrorismo

Washington, 19 jan (EFE).- Os Estados Unidos anunciaram nesta sexta-feira que priorizarão em sua estratégia de Defesa a ameaça de outras potências sobre a do terrorismo.

A informação consta na Estratégia de Defesa Nacional (NDS, na sigla em inglês), a primeira realizada nos últimos dez anos, que o Departamento de Defesa dos EUA enviou hoje ao Congresso.

"Manteremos nossa campanha contra os terroristas, mas a competição entre grandes poderes - não o terrorismo - será agora o principal objetivo da segurança nacional americana", declarou o secretário de Defesa, James Mattis, durante a apresentação oficial da NDS em Washington.

De acordo com Mattis, é necessário "fazer frente às crescentes ameaças de potências revisionistas como Rússia e China", bem como "regimes canalhas" como Coreia do Norte e Irã.

Desta maneira, os Estados Unidos parecem dar por terminada a chamada Guerra contra o Terror iniciada em 2001 por causa dos históricos atentados de 11 de setembro, quando o então presidente, George W. Bush, decidiu que a prioridade do Exército americano seria acabar com o terrorismo jihadista.

Agora, os novos inimigos serão aquelas nações "que buscam criar um mundo consistente com seus modelos autoritários", e aqueles regimes "que fazem ações ilegais que ameaçam a estabilidade regional e global".

"Não vão querer lutar contra o Departamento de Defesa (...). Se nos desafiarem, será o pior e mais longo dia", disse Mattis a estes Estados, que foram convidados a "trabalhar" no terreno da diplomacia.

A nova estratégia, segundo explicou o secretário de Defesa, se sustentará em três bases: formação de algumas tropas "mais letais", reforço das alianças tradicionais e criação de outras, e reforma administrativa do Pentágono para otimizar sua atuação e seus custos.

"Modernizaremos nossas habilidades fundamentais, reconhecendo que não se pode esperar o sucesso nas batalhas de amanhã lutando com as armas de ontem", concluiu Mattis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos