Papa Francisco embarca em aeroporto militar de Lima rumo a Puerto Maldonado

Lima, 19 jan (EFE).- O papa Francisco partiu nesta sexta-feira em um avião com a sua comitiva oficial para a cidade de Puerto Maldonado, ao sudeste do Peru, onde se reunirá com comunidades nativas amazônicas.

O pontífice chegou à base aérea militar às 8h29 (horário local, 11h29 em Brasília) após fazer o trajeto desde a Nunciatura Apostólica, onde passou a noite, com o copiloto em um carro oficial, fortemente escoltado pela Polícia Nacional.

A comitiva do papa percorreu várias avenidas do centro e vários distritos de Lima, que estão restritas para o trânsito habitual, para se dirigir ao aeroporto militar.

Em vários trechos do percurso as pessoas pararam para cumprimentar o pontífice com bandeirolas e balões, enquanto Francisco respondia de dentro do carro com a janela aberta.

A Polícia Nacional, por terra e de helicóptero, fez a segurança ao longo de toda a rota até o aeroporto.

Uma hora antes, Francisco cumprimentou os fiéis que o esperavam em frente à Nunciatura Apostólica e rezou com eles uma Ave Maria antes de deixar o local, no distrito de Jesus Maria.

Em sua saída, o papa abençoou uma menina com incapacidade que estava sentada em um carro o esperando com um familiar.

Em Puerto Maldonado, o pontífice se reunirá com 3.500 representantes de povos indígenas da Amazônia no Coliseu Madre de Dios, e almoçará com eles no centro pastoral Apaktone.

Francisco também terá um encontro com a sociedade civil na esplanada do instituto Jorge Basadre e visitará o abrigo de crianças El Principito.

À tarde, de volta a Lima, o papa fará uma visita ao presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, e as principais autoridades do Estado no Palácio do Governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos