Trump diz que protegeu "santidade da vida" em 1º ano de governo

Washington, 19 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira ter protegido a "santidade da vida" no seu primeiro ano na Casa Branca, no discurso que fez para os participantes da "Marcha pela Vida", uma manifestação contra o aborto em Washington.

"Estamos protegendo a santidade da vida e, a família como a fundação da nossa sociedade", disse Trump em discurso na Casa Branca e que foi transmitido através de telões no National Mall, a grande esplanada que liga o Monumento a Lincoln ao Capitólio e onde o evento acontece.

No discurso, ele falou, entre outros temas, das medidas que tomou para dificultar o direito ao aborto desde que tomou posse, em 20 de janeiro do ano passado.

"No meu governo, sempre defenderemos o primeiro direito recolhido na Declaração da Independência, o direito à vida", prometeu o governante aos manifestantes.

Trump é o primeiro presidente a fazer uma transmissão via satélite ao público da marcha, que chega a sua 45ª edição este ano e tem o apoio de organizações religiosas de todo o país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos