Incêndio em depósito de plástico deixa ao menos 17 mortos na Índia

Em Nova Déli

  • Sajjad Hussain/AFP

    Parentes de vítimas se reúnem em hospital em busca de informações, em Bawana

    Parentes de vítimas se reúnem em hospital em busca de informações, em Bawana

Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas por causa de um incêndio neste sábado (20) em um armazém de plástico em Nova Déli, a capital da Índia, informaram fontes oficiais.

"Foram retirados 17 corpos do armazém. Trinta pessoas, entre elas algumas mulheres, sofreram queimaduras. Teme-se que ainda há gente presa dentro do armazém", informou uma fonte dos bombeiros da capital indiana à agência local "Ians".

Pelo menos quatro dos feridos estão em estado crítico, de acordo com a fonte.

O ministro da Saúde da Índia, Jagat Prakash Nadda, afirmou no Twitter que ordenou aos responsáveis de seu departamento que estejam prontos para oferecer ajuda às vítimas e acrescentou que as unidades de queimaduras de dois hospitais foram preparadas para recebê-las.

Os incêndios e desabamentos de edifícios são frequentes na Índia, seja devido ao estado precário da infraestrutura do país, seja pela falta de manutenção, fatores alimentados pela corrupção e outras práticas ilegais no setor da construção.

No fim do ano passado, pelo menos 14 pessoas morreram, a maioria crianças que comemoravam uma festa de aniversário, e 15 ficaram feridas por um incêndio em um restaurante em Mumbai.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos