Colômbia ordena retorno de negociador a Quito para buscar cessar-fogo com ELN

Bogotá, 21 jan (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, ordenou neste domingo ao chefe negociador dos diálogos de paz com o Exército de Libertação Nacional (ELN), Gustavo Bell, que retorne ao Equador para retomar os contatos com a finalidade de estabelecer um novo cessar-fogo com a guerrilha.

"Atendendo ao chamado das Nações Unidas, Gustavo Bell viajará para Quito para explorar a possibilidade de um novo cessar-fogo que propicie a continuidade das negociações de paz com o ELN", escreveu o chefe de Estado no Twitter.

A Missão de Verificação da ONU na Colômbia afirmou ontem que o governo colombiano e o ELN devem continuar buscando uma solução negociada para o conflito, pelos benefícios que isto traz para os moradores das áreas afetadas pela violência.

O ELN, por sua vez, também manifestou sua "disposição" de retomar os diálogos de paz com o governo, que estão suspensos desde 10 de janeiro, em resposta às ações violentas da guerrilha após o término do cessar-fogo de 100 dias que vigorou entre 1º de outubro de 2017 e 9 de janeiro deste ano.

A guerrilha também expressou sua vontade de "estabelecer outro cessar-fogo" e avançar na fórmula e no desenvolvimento da participação da sociedade nas negociações de paz.

O anúncio do governo colombiano aconteceu horas depois que as forças de segurança do Estado mataram Harvey Alberto Franco Holguín, também conhecido como "Arturo", chefe de uma das frentes da guerrilha.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, que esteve na Colômbia no fim de semana passado, também pediu o retorno dos diálogos naquela ocasião.

Guterres instruiu seu representante especial na Colômbia, Jean Arnault, a "tomar todas as ações necessárias para facilitar o retorno das partes à mesa" de negociação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos