Netanyahu diz a Abbas que deve se reunir com os EUA se realmente quer a paz

Jerusalém, 21 jan (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, enviou um recado neste domingo para o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, de que "quem não está disposto a falar com os (norte) americanos sobre paz, não quer a paz".

"Tenho uma mensagem para (o presidente palestino Mahmoud) Abbas: não há alternativa à liderança dos Estados Unidos no processo diplomático. Quem não está disposto a falar com os (norte) americanos sobre paz, não quer a paz", declarou o governante israelense durante uma reunião de embaixadores no Ministério das Relações Exteriores de Israel.

Por ocasião da chegada do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, a Israel, Netanyahu também enviou um recado aos países europeus, para que levem a sério "as palavras do presidente Trump" a respeito do acordo nuclear do Irã.

O premiê israelense recomendou que se "proponham emendas ao acordo, que impeçam que o Irã se torne nuclear, o que é uma séria ameaça para o mundo inteiro".

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, chegou esta noite a Israel em visita oficial para conversar com Netanyahu e com o presidente do país, Reuven Rivlin, sobre o processo de paz e a segurança na região.

As autoridades palestinas não se reunirão com o político americano, já que não reconhecem o governo Trump como mediador nas negociações entre israelenses e palestinos desde que o magnata reconheceu Jerusalém como capital de Israel no início de dezembro. EFE

msg/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos