Tóquio acolhe primeiro simulacro de evacuação por eventual ataque de mísseis

Tóquio, 22 ene (EFE).- Tóquio acolheu nesta segunda-feira seu primeiro simulacro de evacuação de cidadãos por um eventual ataque com mísseis, cenário que as autoridades japonesas começaram a se preparar devido aos repetidos lançamentos de projéteis norte-coreanos.

Cerca de 350 pessoas participaram do exercício, em que praticaram como evacuar espaços ao ar livre e fechados depois que o sistema centralizado via satélite J-Alert alertou com sirenes e alto-falantes sobre o lançamento.

A simulação aconteceu perto da estação e do parque de atrações do estádio Tokyo Dome e dentro da hipotética situação na qual um míssil se dirige a território japonês, um temor crescente no Japão desde que dois mísseis norte-coreanos sobrevoaram a ilha de Hokkaido (norte) em agosto e setembro de 2017.

Cerca de 200 pessoas participaram de um exercício no parque de atrações, onde o pessoal os guiou para um refúgio após fazer a parada de emergência das atrações.

Enquanto isso, outras 150 pessoas praticaram a evacuação de forma independente junto da estação de Korakuen e correram para se refugiar em um edifício.

A simulação aconteceu em dez minutos, levando em conta o tempo estimado entre o lançamento e a colisão de um míssil.

O Governo japonês realizou simulacros em 25 municípios do país desde março de 2017 com o objetivo de garantir rapidez na hora de informar à população e facilitar uma evacuação veloz e segura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos