Descarrilamento de trem em Milão deixa 2 mortos e mais de 100 feridos

Roma, 25 jan (EFE).- Duas pessoas morreram nesta quinta-feira e mais de 100 ficaram feridas, dez delas em estado grave, depois que um trem descarrilou em sua chegada na cidade de Milão, na Itália, segundo informações passadas à Agência Efe por fontes dos serviços de emergência.

Os feridos em estado crítico subiram para dez, explicou a porta-voz da Agência Regional de Emergência e Urgência (AREU, sigla em italiano) da região de Lombardia, Cristina Corbetta.

Outras dez estão com estado moderadamente grave e cerca de 100 pessoas tiveram ferimentos leve, disse a porta-voz, enfatizando que o balanço é provisório.

Os feridos estão sendo transferidos para diversos hospitais da região, principalmente ao "San Raffaele".

Dentro dos vagões acidentados ainda se encontram várias pessoas que estão sendo socorridas pelas equipes de emergência e bombeiros, que se deslocaram imediatamente ao local.

O trabalho de resgate das pessoas que viajavam no trem, do qual dois vagões ficaram atravessados nas vias, segundo aparece nas imagens divulgadas pelas TVs.

O trem da companhia "Trenord", que partiu da cidade de Cremona, descarrilou entre os municípios de Pioltello e Segrate, ambos em Milão, em torno de 7h (horário local, 4h de Brasília) e transporta, principalmente, trabalhadores que se deslocam para Milão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos