Putin louva versão modernizada do bombardeiro supersônico estratégico Tu-160

Moscou, 25 (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, louvou nesta quinta-feira a versão modernizada do bombardeiro supersônico estratégico Tu-160, que qualificou de "grande conquista" dos seus construtores e "avanço importante" no fortalecimento da defesa do país.

"É uma grande conquista deste grupo, jovem mas já com experiência. Parabenizo todos vocês. Trata-se de um avanço importante em âmbito das tecnologias de ponta e para o fortalecimento da capacidade defensiva do país", disse Putin em um encontro na Fábrica de Aviões de Kazan, a cerca de 700 quilômetros a leste de Moscou.

Putin, que presenciou hoje um voo de exibição do novo bombardeiro supersônico capaz de levar armas nucleares, disse que os trabalhos para modernizar o Tu-160 foram interrompidos em 1993, e que só em 2015 veio a decisão de modernizá-lo.

"Em essência, é um avião diferente, tanto no que se refere à aviônica como todo o demais. É outro aparelho: o exterior é o mesmo, mas os motores, a autonomia de voo e a potência são outros", disse Putin, citado pela imprensa local.

Após o voo de exibição do modernizado Tu-160, o presidente russo apontou a necessidade de criar uma "versão civil" deste avião supersônico.

Lembrou que a União Soviética contava com um avião de passageiros supersônicos, o Tu-144.

Putin explicou que o Tu-144 deixou de ser produzido por motivos econômicos, pois o custo das passagens devia se ajustar aos níveis salariais da época.

"Hoje a situação é completamente diferente. Surgiram grandes companhias que poderiam utilizar este avião", finalizou Putin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos