Governo francês modera previsão sobre cheia do rio Sena

Paris, 27 jan (EFE).- O governo da França afirmou neste sábado que o rio Sena deve subir menos do que o inicialmente informado, não superando os 6 metros em Paris, longe do nível crítico.

A situação de alerta, no entanto, segue elevada. O Vigicrues, o órgão responsável por medir a altura do rio, espera que o Sena atinja na noite de hoje entre 5,80 e 6 metros.

A cheia será inferior à registrado entre maio e junho de 2016, quando chegou a 6,10 metros, deixando dois mortos em Paris.

Os últimos dados oficiais, divulgados no início da manhã deste sábado, indicam que o rio está nos 5,69 metros contra os 5,62 metros registrados ontem.

As previsões que indicavam chuva nas regiões por onde passam os afluentes do Sena foram modificadas para baixo. O que parecia um sinal de agravamento da situação se transformou em alívio.

O mais recente boletim meteorológico indica que o país terá tempo limpo durante vários dias, o que contribuirá para o recuo do rio.

No total, 15 províncias do país seguem em vigilância por causa da elevação do nível dos leitos dos rios provocada pelas fortes chuvas registradas nos últimos dois meses.

O governo chama agora atenção sobre as possíveis consequência do lento recuo dos rios. Em Paris, por exemplo, o Sena deve ficar fechado ao tráfego de barcos por vários dias já que as embarcações não conseguirão passar por debaixo das pontes.

Parte da linha RER C, que passa pelas margens do rio, também ficará sem operar até a próxima quarta-feira. Os museus mais próximos ao Sena - Louvre e Orsay - mantêm planos de prevenção para a evacuação de algumas salas caso a situação mude.

Na região de Paris, 666 pessoas tiveram que deixar suas casas e 1.400 permanecem sem eletricidade. Além disso, oito cidades francesas tiveram que suspender o fornecimento de água potável. Várias escolas e estradas também foram fechadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos