Catar assina acordo com Omã em meio à crise com países vizinhos

Cairo, 28 jan (EFE).- O Catar assinou neste domingo com Omã um memorando de entendimento nos setores de produção de alimentos, investimento conjunto e exportação de produtos, num momento em que o país continua afetado por um bloqueio comercial imposto por nações vizinhas do golfo Pérsico desde junho do ano passado.

O Ministro de Agricultura e Pesca de Omã, Fuad al Sayuani, recebeu o ministro de Meio Ambiente do Catar, Mohamed al Romihi, para assinar o acordo, segundo a agência oficial omani, "ONA".

Os dois ministros concordaram em "abrir horizontes mais amplos" a fim de "melhorar a cooperação e o intercâmbio" entre os dois países.

Sayuani disse à "ONA" que a assinatura do memorando de entendimento "acontece no marco para estreitar relações bilaterais" entre Mascate e Doha.

Por sua vez, Romihi afirmou que "as relações estratégicas entre os dois países irmãos se encontram no nível mais alto", e mostrou a intenção de Doha de investir mais em Omã.

Arábia Saudita, Barein, Egito e Emirados Árabes Unidos romperam relações diplomáticas com o Catar em junho do passado e impuseram um bloqueio comercial ao país por seu suposto apoio a grupos terroristas, acusação que Doha nega.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos