Puigdemont pedirá à Justiça permissão para comparecer ao parlamento catalão

Barcelona (Espanha), 28 jan (EFE).- O ex-presidente regional da Catalunha Carles Puigdemont pedirá ao Supremo Tribunal da Espanha autorização para participar da sessão que elegerá o novo líder do parlamento catalão na próxima terça-feira.

As intenções do ex-presidente catalão, que quer ser candidato à reeleição, foram reveladas por um de seus principais colaboradores, Josep Rull, que informou que o pedido será feito nas próximas horas.

Puigdemont fugiu para Bélgica antes de sua prisão ser decretada na Espanha pelo crime de rebelião por organizar um processo separatista considerado ilegal pela Justiça do país.

Ontem, o Tribunal Constitucional da Espanha publicou uma medida cautelar para impedir que a sessão do parlamento não seja presencial, atrapalhando as pretensões do ex-líder catalão.

Para Rull, a decisão do Tribunal Constitucional é "imprópria".

A posse de Puigdemont também pode não ocorrer mesmo que ele compareça pessoalmente ao parlamento da Catalunha, já ainda há contra o líder separatista uma ordem de busca e prisão no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos