Bombardeios do regime sírio matam 11 civis na província de Idlib

Cairo, 29 jan (EFE).- Pelo menos 11 pessoas morreram nas últimas 24 horas em ataques aéreos do regime sírio contra uma cidade da província de Idlib, informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG detalhou que as vítimas são quatro mulheres, seis menores de idade e um homem, que morreram em dois ataques na cidade de Masaran.

Por outra parte, o Observatório acrescentou que a cifra de mortos em outro bombardeio ocorrido ontem na cidade de Saraqueb, também em Idlib, aumentou de 7 para 20 pessoas.

Segundo a organização, outro menor e um homem morreram em outros dois ataques aéreos, um deles ocorrido no povoado de Al Sheij Mustada e o outro em Kafernabal, ambos na mesma província.

Ontem, duas crianças e três mulheres morreram na localidade de Maarrat al Nuuman, no sul de Idlib, enquanto 10 civis ficaram feridos em decorrência de vários ataques de aviões não identificados.

Quase toda Idlib está controlada pelo Organismo de Libertação do Levante, a aliança da ex-filial síria da Al Qaeda, e outras facções, contra as quais as forças governamentais lançaram uma ofensiva no último dia 25 de dezembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos