"Lista Putin" transforma poder russo em "inimigo dos EUA", segundo legislador

Moscou, 30 jan (EFE).- A chamada "lista Putin" elaborada pelos Estados Unidos, e que inclui quase uma centena de personalidades que teriam enriquecido graças ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, transforma, de fato, a liderança russa em "inimiga dos Estados Unidos", segundo um destacado legislador.

"A publicação do relatório do Kremlin, que inclui praticamente todos os líderes russos e os responsáveis pelas principais empresas estatais, fecha a porta para a possibilidade de um diálogo futuro, e de fato, os tornam inimigos dos Estados Unidos", disse nesta terça-feira, Leonid Slutski, presidente do comitê das Relações Internacionais da Duma (Câmara Baixa do parlamento).

Em outra reação para a divulgação da lista, o presidente do comitê das Relações Exteriores do Senado, Konstantin Kosachev, afirmou que isso prejudica qualquer perspectiva de cooperação bilateral nos próximos anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos