Explosão em Oruro deixa pelo menos 2 mortos e 10 feridos

La Paz, 13 fev (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram e outras dez ficaram feridas na explosão registrada nesta terça-feira em Oruro, pela qual foram detidas três pessoas em relação com a investigação das causas do fato, informou uma fonte oficial.

Outras duas pessoas poderiam ter morrido, mas essa informação ainda está sendo "verificada", declarou para a imprensa em La Paz o ministro de Governo (Interior) da Bolívia, Carlos Romero.

O ministro disse que um dos mortos é uma mulher e o outro uma criança e afirmou que os feridos foram hospitalizados nesta cidade do planalto andino.

Romero acrescentou que três pessoas foram "apreendidas" na investigação do fato, que supostamente estavam no lugar no momento da explosão, que ocorreu "depois das 18h30" hora local.

As detenções foram feitas pela força especial de luta contra o crime da Polícia Boliviana a fim de obter informação que "oriente a investigação", disse o ministro.

A esse respeito, ele detalhou que dois dos apreendidos circulavam num veículo que foi interceptado e que apresentava danos presumivelmente causados por estar na área do fato, enquanto a outra também estava no local da explosão.

"Não podemos descartar nenhuma hipótese", ressaltou Romero sobre a causa do ocorrido, num ponto próximo aonde no sábado passado oito pessoas morreram e 40 ficaram feridas em outra explosão, atribuída pela Polícia a uma vazamento de gás.

Nesse contexto, Romero relatou que a nova explosão apresenta diferenças com relação à do sábado, ao ter deixado uma cratera na rua.

O ministro se comprometeu a esclarecer em "curto espaço de tempo" o sucedido e determinar "se há conexão" entre ambos os fatos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos