Polícia identifica autor de tiroteio na Flórida como Nikolaus Cruz

Miami, 14 fev (EFE).- A polícia do condado de Broward identificou nesta quarta-feira o autor do tiroteio que deixou 17 mortos na escola de ensino médio Marjory Stoneman Douglas, na cidade de Parkland, no sul da Flórida, como Nikolaus Cruz, de 19 anos, um ex-estudante dessa instituição.

Em rápido pronunciamento, o xerife de Broward, Scott Israel, informou que o autor dos disparos é Nikolaus Cruz, que está detido, e revelou que o número de mortos chega a 17 pessoas.

O jornal "Miami Herald" entrevistou Jim Gard, um professor de matemática da escola, que revelou que os docentes e pessoal administrativo foram advertidos no ano passado que o ex-estudante constituía uma ameaça e não deveria ser autorizado a entrar na insituição com uma mochila.

"Houve problemas com ele no ano passado ameaçando estudantes, e acho que pediram para que abandonasse o campus", expressou o professor ao jornal.

Um estudante dessa escola declarou à emissora "CBS" que Cruz, um "menino problemático", foi expulso da escola e que sempre "carregava armas com ele".

O tiroteio desta tarde, no horário da saída dos alunos, deixou pelo menos 17 mortos e vários feridos, 14 deles transferidos a hospitais locais, segundo informou o xerife.

Um porta-voz da polícia afirmou que uma equipe de operações especiais SWAT se encontra nas imediações do colégio, que tem um três mil estudantes e permanece fechado. Imagens dos canais de televisão mostraram o momento em que o suspeito foi detido por seis policiais e levado em uma viatura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos