Tribunal mantém ex-presidente panamenho preso após pedido da promotoria

Miami, 14 fev (EFE).- A juíza americana Marcia Cooke concedeu nesta quarta-feira uma moção da promotoria - que representa o Estado do Panamá - na qual é pedido que se detenha a liberdade sob pagamento de fiança do ex-presidente panamenho Ricardo Martinelli, medida que a magistrada havia aprovado na terça-feira.

A moção foi apresentada pela promotoria, que alerta para o risco de fuga de Martinelli, que teve durante o julgamento duas decisões judiciais desfavoráveis no processo de extradição que enfrenta.

A juíza afirmou nesta quarta-feira que em "uma abundância de precaução" decidiu a favor da promotoria, segundo documentos da corte aos quais a Agência Efe teve acesso.

No entanto, reiterou o expressado na terça-feira na decisão que concedeu a liberdade sob pagamento de fiança, que Martinelli "tem uma probabilidade de sucesso na apelação, dado que dois diferentes tribunais decidiram a liberdade por pagamento de fiança de maneira diferente".

O juiz Edwin Torres, que aprovou a extradição em agosto passado, sempre negou a liberdade por fiança, enquanto a juíza Cooke a aprovou na terça-feira. Os advogados do ex-presidente, que já antecipavam hoje os trâmites de sua saída, anunciaram pela manhã que apelariam contra a extradição.

A previsão é que este recurso, que deverá ser apresentado perante um tribunal com sede em Atlanta, demorará vários meses. Cooke disse hoje que "os fatores pesam a favor" de deter a liberdade sob pagamento uma fiança de Martinelli enquanto a apelação é analisada.

O aviso do recurso serve para deter o processo de extradição e para que não se curse a ordem ao Departamento de Estado, que tem a última palavra neste processo, explicou à Efe o advogado de Martinelli no Panamá, Sydney Sittón.

Durante o julgamento, a promotoria assinalou que a defesa não pôde comprovar que Martinelli não apresenta nenhum risco de fuga e que existem circunstâncias especiais que justificassem a sua libertação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos