Trump nomeia um tenente-general do Exército para comandar a NSA

Em Washington

  • Jocelyn Broussard/Divulgação/US Army Cyber Command

    Tenente-general Paul M. Nakasone

    Tenente-general Paul M. Nakasone

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeou nesta terça-feira (13) o atual cibercomandante do Exército, o tenente-general Paul M. Nakasone, como novo diretor da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) e cibercomandante dos Estados Unidos.

"Um líder excepcional para duas organizações excepcionais, vai fornecer sua grande experiência e um sólido histórico cibernético", anunciou no Twitter o assessor de Trump para cibersegurança, Rob Joyce.

A NSA e o Cibercomando dos Estados Unidos, a unidade de luta cibernética das Forças Armadas, tiveram um mesmo líder desde a criação do segundo, em 2009, embora o Pentágono esteja avaliando separá-los.

Nakasone, de 54 anos, comanda desde 2016 o Cibercomando do Exército e também uma força de tarefa conhecida como ARES dedicado ao combate digital contra o Estado Islâmico (EI).

Em 2016 foi promovido a tenente-general, e agora nomeado para promoção ao grau de general.

Na NSA, Nakasone assumirá a liderança de uma organização cuja reputação ficou em suspenso a partir dos vazamentos feitos em 2013 por seu ex-funcionário terceirizado Edward Snowden.

Se for confirmado pelo Senado, Nakasone substituirá na NSA o almirante Michael S. Rogers, que comanda a agência desde 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos