Explosão de fogos de artifício mata 4 pessoas no Ano Novo chinês

Pequim, 16 fev (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas em uma explosão em um posto de fogos de artifício na província de Yunnan, no sul da China, informou nesta sexta-feira a agência estatal "Xinhua".

O acidente ocorreu perto da meia-noite, quando é tradição no país asiático disparar fogos de artifício e morteiros para afugentar os maus espíritos e celebrar a entrada do Ano Novo Lunar.

As autoridades locais asseguraram que dois dos feridos se encontram em situação grave e que a causa da explosão ainda está sendo investigada.

Desde o ano passado, 444 cidades chinesas proibiram os fogos de artifício, entre elas Pequim e Tianjin, em uma tentativa de conter a poluição, mas também perante os vários incêndios e feridos que estes artefatos causam todos os anos no país.

Apesar da proibição, as autoridades da capital chinesa informaram nesta sexta-feira que sete pessoas ficaram feridas devido ao uso de fogos de artifício em Pequim, que também causaram 12 incêndios durante a noite passada.

As autoridades também assinalaram que a proibição do uso de fogos de artifício na capital permitiu diminuir ontem à noite os níveis de poluição de PM2.5 (as menores e prejudiciais para a saúde) até 201 microgramas por metros cúbicos de média, a metade que no ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos