Rússia envia nota de protesto à Ucrânia por ataque a edifícios russos em Kiev

Moscou, 19 fev (EFE).- A Rússia enviou nesta segunda-feira uma nota de protesto à Ucrânia por causa dos ataques realizados no fim de semana por grupos de nacionalistas contra edifícios e entidades russos em Kiev.

"Na Ucrânia atual acontecem tendências muito perigosas que ameaçam a estabilidade e a segurança internacional", informou a Chancelaria russa.

Pelo mesmo motivo, o Ministério Russo de Relações Exteriores convocou o encarregado de negócios ucraniano para expressar repulsa pelos incidentes e pela impunidade com a qual atuam os nacionalistas-russófobos no país vizinho.

"A parte russa exige que sejam identificados os culpados de tais ataques e que sejam levados à Justiça", afirma o comunicado oficial.

Segundo a imprensa russa, os integrantes de grupos nacionalistas e neonazistas lançaram pedras e ovos contra a sede da agência estatal Rossotrudnichestvo, quebraram os vidros de uma filial do Sberbank e tentaram fazer o mesmo com uma do Alfa-Bank.

A Rússia criticou a inação das forças da ordem locais e considerou que não é casualidade que os ataques tenham acontecido depois do discurso anti-Rússia pronunciado pelo presidente ucraniano, Petro Poroshenko, na Conferência de Segurança de Munique.

A Ucrânia comemora atualmente o quarto aniversário da revolução do Euromaidan que resultou distúrbios violentos e a queda do presidente pró-Rússia Viktor Yanukovich.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos