PUBLICIDADE
Topo

Rússia pede garantias para apoiar resolução sobre trégua humanitária em Guta

23/02/2018 11h07

Moscou, 23 fev (EFE).- A Rússia está disposta a aprovar uma resolução no Conselho de Segurança da ONU para estabelecer uma trégua humanitária no enclave rebelde sírio de Guta Oriental se existirem garantias de cumprimento, disse hoje o ministro de Exteriores russo, Sergei Lavrov.

"Onde estão as garantias que os grupos armados respeitarão esta trégua humanitária, e onde estão as garantias que não vão continuar bombardeando os bairros residenciais de Damasco? Essas garantias não nos dão", afirmou Lavrov durante uma entrevista coletiva em Moscou com seu colega do Uzbequistão.

Ele também afirmou que a Frente al Nusra é o principal problema em Guta Oriental e acusou os "terroristas" de utilizar a população civil como escudos humanos para acusar Damasco e seus aliados de violar o direito internacional.