PUBLICIDADE
Topo

Galícia divulga no Brasil sua "política de retorno" para cidadãos emigrados

24/02/2018 22h01

São Paulo, 24 fev (EFE).- O secretário-geral de Emigração da Galícia, Antonio Rodríguez Miranda, apresentou neste sábado em São Paulo as ajudas econômicas que essa comunidade espanhola oferece aos galegos emigrados que desejam retornar à sua terra natal.

"É muito importante que os galegos do exterior saibam que estamos aqui, que não estão sozinhos", afirmou à Agência Efe o secretário-geral durante um ato na Casa da Espanha de São Paulo.

Rodríguez Miranda ressaltou que a intenção é "facilitar o regresso" aos galegos que vivem no exterior e nesse ato apresentou diversos planos de incentivo, entre os quais citou as Bolsas Excelência Juventude Exterior, dirigidas a jovens emigrados que possam cursar estudos de mestrado nessa comunidade autônoma.

"Trata-se de um programa que permite aos jovens galegos do exterior complementar sua formação acadêmica e que também facilita sua posterior inserção no mercado de trabalho na Galícia", destacou.

O funcionário salientou ainda outras iniciativas, como as ajudas econômicas a empreendedores, pesquisadores, profissionais que buscam a inserção no mercado e casais que desejam formar uma família em terras galegas.

"Aos casais que têm vontade de voltar, oferecemos uma ajuda direta de 1.200 euros por cada filho nascido na Galícia durante três anos", indicou.

A principal razão para essa política de "apoio ao regresso", segundo explicou, é a preocupação com a constante queda demográfica e o consequente envelhecimento da Galícia.

"Do ponto de vista demográfico, estas políticas podem ser uma boa forma de recuperar e rejuvenescer essa sociedade, porque, como em toda Europa e em toda Espanha, na Galícia há um problema demográfico" que pode atenuar-se com o retorno de alguns dos 500.000 galegos que vivem no exterior, argumentou.

Rodríguez Miranda também inaugurou hoje a exposição "Paisagens da Galícia", uma mostra de 50 fotografias do artista Paco Vila que "transmitem aos galegos do exterior a realidade atual da Galícia" e sua "beleza", segundo disse.

Após esse ato, Rodríguez Miranda assinou um convênio de parceria socio-assistencial aos cidadãos idosos com a Sociedade de Socorros Mútuos e Beneficência Rosalía de Castro, que replicará na sede dessa organização em Santos, no litoral paulista.

A visita de Rodríguez Miranda começou na sexta-feira passada na cidade de Salvador e, depois da sua escala de hoje em São Paulo, concluirá precisamente em Santos, em todos os casos com o objetivo de estabelecer contato com as comunidades galegas no Brasil.