Mais de 50 combatentes houthis morrem em confrontos no Iêmen

Sana, 26 fev (EFE).- Mais de 50 rebeldes xiitas houthis morreram em combates ao leste de Sana, a capital do Iêmen, para onde o exército governamental tenta avançar, informaram nesta segunda-feira à Agência Efe fontes militares.

No total, 17 rebeldes morreram quando resistiam a confrontos contra as tropas governamentais no sul da região de Nahem, a nordeste de Sana, enquanto mais de 30 houthis - que têm apoio do Irã - morreram em combates no norte desta mesma região, segundo as fontes, que pediram anonimato.

As forças da coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita também lançaram intensos bombardeios contra posições dos houthis em várias partes da região montanhosa de Nahem.

Este terreno montanhoso é um grande obstáculo para as forças governamentais que tentam retomar Sana, depois que os rebeldes a conquistaram no final de 2014.

Nessa mesma região, sete militares do exército iemenita morreram hoje por "fogo amigo" lançado pela coalizão árabe, informou à Agência Efe outra fonte militar.

O Iêmen é cenário de uma guerra entre os rebeldes houthis, que controlam Sana e outras províncias do norte e do oeste do país, e as forças do presidente Abd Rabbu Mansour al Hadi.

A guerra entre as duas partes se agravou após a intervenção da coalizão árabe em março de 2015 em apoio ao governo de Hadi e contra os rebeldes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos